"Trabalho, ética e responsabilidade."
Notícias

Rogério Thomas | Postado em: 24/05 - 17:27
Ademir Bier se solidariza com caminhoneiros em greve e pede agilidade de solução por parte do governo federal
Galeria de Imagens

O deputado estadual Ademir Bier se solidariza com os caminhoneiros em greve em todo o País. O movimento, que iniciou oficialmente na segunda feira (21), vem tomando corpo em todo o Estado. “Isso demonstra a união da categoria e, principalmente, a indignação com os altos custos praticados pelo governo federal na cobrança do diesel. Os setores produtivo, através das cooperativas, e de educação já estão sentindo o reflexo da paralisação justa dos caminhoneiros. É necessário que o governo federal atue com urgência para resolver essa questão”, enfatizou o deputado.

Conforme Ademir Bier, os caminhoneiros são agentes fundamentais no transporte de insumos e grãos das safras agrícolas e, assim como os produtores rurais, têm sido fortemente afetados pela política da Petrobrás para o reajuste dos preços de combustíveis. “O diesel é um insumo amplamente utilizado na agricultura, desde as operações com máquinas e implementos nas lavouras até o escoamento de grãos, em que esse combustível representa cerca de 30% do cálculo dos fretes rodoviários”, alerta o deputado.

Dados do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) mostram que, nos últimos 10 meses, o valor do diesel aumentou 56,5% nas refinarias, saltando de R$ 1,5006 para R$ 2,3488, sem incidência de impostos.

O deputado chama atenção, principalmente, para a ociosidade da Petrobras. “O Brasil já é uma potência mundial na produção de petróleo, porém, apenas 60% da produção nacional é refinada no país. O restante é vendida in natura para outros países e acaba voltando em forma de gasolina, por exemplo. Ou seja, o Brasil produz, exporta e compra de volta. A política interna de produção da Petrobras deve ser revista urgentemente. Caso contrário, continuaremos reféns das políticas de preços internacionais do petróleo”, destacou Ademir Bier.

“Esse envio de produto bruto e compra de produto refinado, enquanto poderia estar refinando aqui mesmo, no Brasil, evidencia o tamanho do rombo aos consumidores em geral, especialmente aos caminhoneiros e produtores rurais, que utilizam o diesel com frequência”, afirma Ademir Bier.

Além da redução da carga tributária, o deputado Ademir Bier, que é o presidente da Comissão Parlamentar Contra a Renovação dos Contratos dos Pedágios no Paraná, quer a aplicação da lei do eixo suspenso no Estado. “Além do alto valor que os caminhoneiros já pagam na manutenção e no diesel para os caminhões, eles também são onerados de forma  desnecessária no pagamento dos pedágios. Nós estamos há vários anos trabalhando na aplicação da lei do eixo suspenso, para que os motoristas tenham uma cobrança menos impactante de pedágio no Paraná. Eles transportam grande parte do progresso do pedágio e não ter todo este custo para trabalhar”, concluiu o deputado.

 
Outras Notícias

Copyright © 2018 Deputado Ademir Bier
Todos os direitos reservados.
Atendimento:
(41) 3350-4228 (45) 3254-2503
Endereço:
Praça Nossa Senhora da Salete, s/nº Centro Civico - Curitiba - PR Escritório de Atendimento M. C. Rondon Rua Santa Catarina, 657, Centro